Acompanhe o Facebook Acompanhe o Instagram Acompanhe o YouTube
 
 
Bispo
Bispo

MISERICORDIAM NUNTIO VOBIS

Jacinto Inacio Flach nasceu no dia 26 de fevereiro de 1952 na cidade de Bom Princípio (RS). Foi o quinto dos nove filhos do casal formado por Maria América Schaidler e José Otacílio Flach, ambos já falecidos.

Com o lema presbiteral “Tudo posso Naquele que me fortalece” (Fp 4,13), Dom Jacinto foi ordenado na sua cidade natal pela imposição das mãos de Dom Edmundo Knuz, na Paróquia Nossa Senhora da Purificação. Após a ordenação, foi enviado para a cidade de Estrela (RS), na Paróquia Santo Antônio, aonde permaneceu durante dois anos como vigário paroquial.

Depois, foi para o Seminário e Paróquia Imaculada Conceição, em Viamão (RS). Serviu ali durante cinco anos, até assumir uma nova missão, ampliando seus estudos com o Mestrado em Teologia Espiritual pelo Instituto Teresianum, em Roma, na Itália. Lá permaneceu dois anos, residindo no Pontifício Colégio Pio Brasileiro, até retornar para o Brasil, em 1997, quando assumiu como diretor espiritual do Seminário de Viamão. Na terça-feira do dia 28 de outubro de 2003, recebeu o pedido do Papa Bento XVI para ser bispo. No mês seguinte, dia 12, foi nomeado bispo auxiliar de Porto Alegre e do Vicariato de Guaíba.

Ordenado bispo em fevereiro de 2004, escolheu como lema episcopal “Anuncio-vos a Misericórdia”, extraída da carta encíclica “Dives in Misericordia”, escrita pelo Papa João Paulo II. Em 13 de novembro de 2009, Dom Jacinto iniciou sua missão atual, ser bispo da Diocese de Criciúma.
 
 
  • Brasão Episcopal
    Brasão Episcopal
    Tradicionalmente utilizado pela Igreja Católica na identificação das características de evangelizar de cada bispo, o brasão de Dom Jacinto é composto de: Chapéu Prelatício, com três fileiras de borlas que representa a missão episcopal. A Cruz Missioneira sinal de salvação e esperança, lembra a evangelização. E Escudo, dividido em três campos: azul, amarelo e vermelho.

    O azul – a cor e a letra “M” lembram Maria, Mãe de Misericórdia; o coração representa o amor misericordioso de Deus. O amarelo – a cor representa a riqueza espiritual; o ramo de oliveira a paz e a esperança; riquezas de um povo. O vermelho: lembra o amor misericordioso de Deus; o cajado do pastor representa a missão de apascentar o rebanho do Senhor; o anel simboliza a fidelidade com a Igreja de Cristo, e a dignidade do Filho Pródigo, que volta à casa do Pai.
ENTRE EM CONTATO
acompanhe nossas
redes sociais
Acompanhe o Facebook
Acompanhe o Instagram
Acompanhe o YouTube
ENCONTRE-NOS
Rua Pedro Manoel Apolinário, 90 - Caixa Postal 90 - Cep: 88.804-350 - Santa Bárbara - Criciúma/SC

Copyright © Diocese de Criciúma. Todos os direitos reservados

Desenvolvido com amor Agência Arcanjo