Cúria Diocesana (48) 3433.6313 Catedral São José (48) 3433.1079 imprensa@diocesecriciuma.com.br

Vida humana e espiritual do padre é tema de retiro com Dom Paulo Roxo

Data de Publicação
29
2017
08
Terça-feira
15h22
29 de Agosto de 2017 15h22

"Retiro não é uma série de palestras, retiro é o momento em que o Senhor vem ao nosso encontro" - iniciou o Bispo Emérito de Mogi das Cruzes (SP), Dom Paulo Roxo, ao clero da Diocese de Criciúma, reunido nesta manhã, em retiro, na sede da Fundação Shalom da Família.
 
Mais de 40 padres participam do encontro que começou na noite de ontem (28) e segue até o meio dia de quinta-feira (31). Dom Paulo, 89 anos de vida e 65 de sacerdócio recém completados no dia 20, deixou os presbíteros atentos durante todo o tempo de suas explanações. O bispo convidou os padres a viverem o retiro de modo a refletir suas atitudes, enquanto sacerdotes e como pessoas humanas, reconhecendo-se necessitados e mostrando-se disponíveis a conversar com o Senhor.
 
"Eu prefiro falar de pastoral de modo indireto. Estou trabalhando a pessoa do padre e isso eu considero fundamental. Um padre bom, um padre santo dá muito mais resultado numa paróquia do que o outro. Estou fazendo reflexões em cima disso, da pessoa do padre. Na reflexão primeira, o padre como pessoa humana, que deve ser ponte na pastoral, ajudar as pessoas a chegar perto do Senhor, e depois vamos falar de assuntos bem fundamentais na vida do padre: a fé, o encontro com Jesus Cristo, a comunhão com Jesus Cristo, a Eucaristia", disse o assessor.
 
O objetivo de Dom Paulo neste retiro é ajudar a pastoral trabalhando a pessoa do padre, seu lado humano. "O lado humano do padre tem que ser uma ponte e não um obstáculo para as pessoas chegarem a Jesus Cristo", ressaltou o epíscopo, ao provocar algumas perguntas aos sacerdotes com relação a seu amadurecimento, seus limites, sua autocrítica e sua aceitação enquanto pessoa humana, diante de sua história.
 
Pela primeira vez, Dom Paulo prega retiro para padres de Santa Catarina. O assessor destaca a acolhida do clero de Criciúma. "São simpáticos, muito acolhedores, bem participativos. Sinto-me a vontade no meio deles. Estou notando que há vários padres idosos, outros bastante jovens e, num presbitério, deve haver um entrosamento muito bonito entre eles: a experiência dos idosos e, ao mesmo tempo, o entusiasmo, a alegria dos jovens. Estou gostando desse encontro diversificado de personalidades", declara.

Além dos momentos de reflexão conduzidos por Dom Paulo, os padres têm momentos diários para oração, reza do terço e missa. Na manhã desta terça-feira, os presbíteros recordaram, enquanto rezavam a Oração das Laudes, na Capela de Nossa Senhora de Guadalupe, na sede da Fundação, seus lemas de ordenação presbiteral. Lembrabdo o Ano Nacional Mariano, a sala de encontros conta com um altar com imagens de diversos títulos dedicados à Nossa Senhora, enquanto o pátio foi ornamentado com o terço e um barquinho com a Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, cuja Igreja celebra neste ano os 300 anos da aparição de sua imagem.

Clique aqui e confira o álbum completo de fotos da primeira manhã de retiro.