Cúria Diocesana (48) 3433.6313 Catedral São José (48) 3433.1079 imprensa@diocesecriciuma.com.br

Santuário de Caravaggio celebra festa em honra a Madonna Bambina

Data de Publicação
04
2018
09
Terça-feira
10h04
04 de Setembro de 2018 10h04

O dia em que Deus começa a por em prática o seu plano de salvação: no dia 08 de setembro, a Igreja Católica celebra a Natividade de Nossa Senhora. Filha de Santa Ana e de São Joaquim, Maria é a escolhida para ser a mãe do Redentor da humanidade, Jesus Cristo.

No Santuário Diocesano Nossa Senhora de Caravaggio, em Nova Veneza, a festa litúrgica foi retomada em 2012; antes disso, porém, a comunidade local já celebrava a festa em honra à Mãe Menina, ou "Madonna Bambina" (como os descendentes de italianos costumam chamar) junto à romaria que ficou marcada pelo milagre da chuva, em 1951.

Neste ano, a procissão motorizada com a imagem partirá da residência do casal Delourdes e Reginaldo Siqueira, às 18h30min, em direção ao Santuário, onde haverá acolhida, nas escadarias. A celebração eucarística será realizada às 19 horas, seguida pelo jantar, no Salão Benfeitores.

Origem da festa

Em 08 de setembro de 1944, a senhora Ida Fenali Milanez, esposa de Andrea Milanez, sob um parto de risco, pediu socorro ao céu. Era o dia reconhecido pela Igreja como do nascimento da Virgem Maria. No silêncio de seu coração, fez a promessa de comprar uma imagem de Nossa Senhora Menina. Ida, que já tinha sete filhos, havia perdido dois em trabalho de parto. Após quatro dias, em 12 de setembro, a criança nasceu. Trata-se do Frei Nereu Mário Milanez, da Ordem dos Servos de Maria.

Dezoito anos depois, em 1962, com mais recursos financeiros, Ida revelou a promessa e adquiriu a imagem, que veio de Porto Alegre (RS), encomendada pelo Monsenhor Gregório Locks. Depois de permanecer algum tempo na casa da família, foi doada ao Santuário de Caravaggio. A festa em sua homenagem era comemorada todos os anos, junto à romaria do milagre da chuva, que aconteceu em 08 de setembro de 1951, depois de meses de uma grande seca que assolava toda a região.

Fotos da edição de 2017: José Luiz Ronconi