Cúria Diocesana (48) 3433.6313 Catedral São José (48) 3433.1079 imprensa@diocesecriciuma.com.br

Santos Óleos são abençoados em missa solene na Catedral

Data de Publicação
12
2017
04
Quarta-feira
23h50
12 de Abril de 2017 23h50

Cerca de 2 mil fiéis das 33 paróquias e santuários da Diocese de Criciúma participaram, na noite desta quarta-feira, 12, da Missa do Crisma. A celebração foi acolhida pela Catedral São José, que celebra, neste ano, os 100 anos de sua inauguração.

Em sua homilia, Dom Jacinto destacou a celebração como uma das mais belas e importantes da Igreja diocesana, não apenas por ser um momento solene, mas porque seu rito envolve os óleos que serão administrados durante o ano todo, nas comunidades, paróquias e hospitais. "A presença desse dia vai se estendendo para o resto do ano. Um momento sagrado para a Igreja que não termina nesta noite, mas continua, durante todo o ano: a graça de Deus vai agindo tanto nos sacerdotes, como no povo de Deus, nos sacramentos. Este santo óleo do Crisma unge os filhos e filhas de Deus que durante o ano serão batizados, aqueles que serão crismados, firmados na sua fé, no Batismo e aqueles que serão ordenados sacerdotes e, até quando Deus escolhe alguém para o episcopado. São todos ungidos", ressaltou o bispo diocesano.

Sobre Jesus, o epíscopo falou a leigos, religiosas e, de modo especial, aos sacerdotes: "Para Ele todas as coisas convergem e dele saem. Ele é o sumo eterno e nós somos aqueles que participam de seu sacerdócio. Ele foi fiel toda a sua vida ao Pai; nós, humanos e pecadores, precisamos sempre renovar as nossas promessas, nossa fidelidade e perseverança a Ele (...) Somos uma Igreja cheia de bênçãos e de graças, onde o Espírito Santo continua agindo no coração, na vida de Cristo, para que nós sejamos os ungidos que levem aquilo que fala hoje o Evangelho e a primeira leitura: somos ungidos para a missão, não em benefício. Como Cristo, ungido do Pai, para anunciar o Reino de Deus e dar seu testemunho, esta é a nossa missão".

Durante a solenidade, foram abençoados os óleos do Batismo e da Unção dos Enfermos e consagrado o óleo do Crisma. Três grandes vasos contendo os santos óleos foram levados até o altar. O óleo dos Enfermos foi levado por representantes das Samaritanas, que prestam assistência espiritual em hospitais de Criciúma; o óleo do Batismo foi levado por jovens que se preparam para receber o sacramento do Batismo e óleo do Crisma, por jovens crismandos. A este último foi adicionada uma essência, significando o bom perfume que o crismando deve exalar após a confirmação de sua fé. Obedecendo o rito, o mesmo óleo recebeu, por último, o sopro dos lábios do Bispo, representando a presença do Espírito Santo.

Na ocasião, os mais de 60 padres diocesanos e religiosos que concelebraram a missa, presidida por Dom Jacinto Inacio Flach, fizeram a renovação de suas promessas sacerdotais. Cada um deles recebeu uma estola alusiva ao centenário da igreja, como presente oferecido pela Paróquia. O espaço do presbitério, onde está localizado o altar, foi ocupado por ex-párocos e ex-vigários auxiliares e paroquiais da Catedral, além dos atuais. Os demais sacerdotes tiverem lugar especial a frente da assembleia.

No momento de ação graças, o seminarista de teologia Guilherme Bada proferiu a leitura da mensagem em homenagem aos presbíteros jubilares de 2017: os padres Valdemir Luiz De Bona, Vilcionei Baggio, Agenor Pedroso, Silvestre Koepp, Manoel Odorico Francisco e Silvestre Junkes. O coordenador diocesano de pastoral, padre Joel Sávio, agradeceu em nome da Diocese pelo empenho dos párocos e de todo o povo das paróquias durante a peregrinação das imagens de Nossa Senhora de Caravaggio e do Sagrado Coração de Jesus, que foram entronizadas a frente da procissão de entrada nesta celebração. O bispo Dom Jacinto também reforçou o convite a padres e leigos para participarem das celebrações de inauguração e de jubileu dos dois santuários diocesanos dedicados aos padroeiros, em Nova Veneza e Içara.

Ao final da missa, o pároco, padre Antônio da Silva Miguel Júnior, agradeceu a presença e a colaboração de todos e disse um obrigado especial aos padres que fizeram parte da história de 100 anos da Catedral. Logo depois, representantes de cada paróquia adentraram a Catedral em uma única procissão, trazendo consigo os santos óleos, já abençoados, até a frente do presbitério, onde receberam, do Bispo, a bênção de envio.

Próxima Missa do Crisma será em Araranguá
Dom Jacinto Inacio Flach adiantou, durante a celebração, o nome da paróquia que deverá acolher a próxima Missa dos Santos Óleos, no ano de 2018: a Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Homens, a mais antiga da Diocese de Criciúma, que no ano que vem completa 170 anos de evangelização.