Cúria Diocesana (48) 3433.6313 Catedral São José (48) 3433.1079 imprensa@diocesecriciuma.com.br

Procissão de Nossa Senhora Mãe dos Homens encerra com chuva de pétalas

Data de Publicação
06
2019
05
Segunda-feira
09h15
06 de Maio de 2019 09h15

"Nós preparamos 30 mil terços para distribuir para as pessoas que estivessem participando da procissão com Nossa Senhora e, para nossa alegria, antes mesmo de iniciarmos os cestos foram esvaziados". A afirmação é do reitor do Santuário Nossa Senhora Mãe dos Homens de Araranguá, padre Alírio Leandro, que mede a grande participação os fiéis na procissão com a padroeira de Araranguá. Durante todo o trajeto os fiéis rezaram o terço.

Anualmente, o ato de devoção é um dos mais esperados pelos devotos da Mãe dos Homens. Muitas pessoas vêm de fora, como a içarense Alessandra Garcia, que neste ano veio pagar uma promessa. "Uma pessoa próxima a mim fez uma promessa para que Nossa Senhora intercedesse por mim por um câncer e hoje estou curada. Vim agradecer a padroeira pelo intermédio", pontuou a devota.

Para o reitor do Santuário, padre Alírio Leandro, boa parte das pessoas que caminham com a imagem, são pessoas tocadas pela intercessão da mãe de Jesus. "Como em Caná da Galiléia, onde Maria intercedeu para que Jesus transformasse água em vinho, hoje ainda ela continua intercedendo e pedindo que Jesus transforme a água em vinho novo, vinho da alegria, da paz, da saúde".

O casal coordenador da festa, Maurício e Natália Bom, emocionaram-se no percurso que reuniu mais de 30 mil devotos. "Nós ficamos muito emocionados ao ver aquela multidão caminhando com Nossa Senhora. Em diversos momentos nos abraçamos e choramos, ao ver tantos atos de fé e amor para com Ela".

Na chegada da procissão, em frente ao Santuário, um helicóptero jogou diversas pétalas de rosa sobre o povo. "Todos os anos eu junto as pétalas e faço chá em minha casa, já ouvi diversos testemunhos de pessoas que disseram que foram curadas com isto", contou Marta Pedroso, moradora de Araranguá.


Colaboração: Eduardo Souza