Cúria Diocesana (48) 3433.6313 Catedral São José (48) 3433.1079 imprensa@diocesecriciuma.com.br

Pedro Manoel encerra missão no Secretariado Pastoral: em seu lugar assume Marcos Tramontin

Data de Publicação
02
2017
03
Quinta-feira
18h00
02 de Março de 2017 18h00

Desde o final do ano passado ele começou a deixar tudo organizado, na sala do Secretariado de Pastoral da Diocese de Criciúma. Pedro Manoel da Silva, após cinco anos como voluntário junto à equipe de Coordenação Diocesana de Pastoral, deixa a função para dedicar-se, mais especialmente, à família. Aos 62 anos de idade, casado há 34 com Rosane, pai de três filhos e avô de dois netos - um a caminho, Pedro encerra a missão com alegria e com a certeza de que tudo fez para cooperar na articulação da caminhada pastoral diocesana. Ingressou na cúria da Diocese de Criciúma, em 2012, a convite do então coordenador de pastoral, padre Antonio Mendes e continuou os trabalhos com a vinda de padre Joel Sávio.
 
Pedro agradece pela colaboração e convivência fraterna com os funcionários da cúria, secretários paroquiais, padres, religiosos e todas as demais lideranças. "Foi uma experiência muito bonita, muito positiva, principalmente no relacionamento, porque os serviços não foram prestados a uma empresa, mas à Igreja" - conforme Pedro, a Igreja, e mais pontualmente, a cúria, deve ser vista não como uma mera sede administrativa, mas como uma instituição que se relaciona fraternalmente.
 
Pedro deixa a cúria, mas não o trabalho pastoral. Dedicar-se-á especialmente às coordenações estadual e diocesana do Ministério de Fé e Política da Renovação Carismática Católica, sendo que também coordena o Curso de Fé e Política, vinculado à Escola de Teologia para Leigos da Diocese de Criciúma. Pedro, que já foi coordenador diocesano e estadual do movimento RCC, permanece como leigo na Paróquia São Paulo Apóstolo e membro da diretoria do projeto social Casa Egresso, a ser inaugurada este ano, junto ao Serviço de Pastoral Carcerária (SEPASC).
 
O ex-colaborador também faz votos a seu substituto, o jovem Marcos Tramontin Serafim, ao qual deseja muita luz e que possa contar com o mesmo apoio encontrado durante a missão. Marcos tem 31 anos de idade e também já atuou em diversas frentes pastorais. Natural da comunidade São Brás, bairro Operária, Paróquia Sagrada Família, já foi coordenador de CPC e CPP, grupo de jovens e por cinco anos foi coordenador diocesano da Pastoral da Juventude e por três do Setor Juventude. Hoje é membro da diretoria da Cáritas Diocesana e presidente do Conselho da Cáritas Regional de SC. Atualmente, reside em Siderópolis, terra natal da esposa Janine, com quem é casado há mais de dois anos.
 
Foi no mês de janeiro que Marcos foi convidado por padre Joel Sávio para assumir o desafio da nova missão. "Agradeço a confiança em mim depositada, através do convite recebido para colaborar com as ações do Secretariado Diocesano de Pastoral, e contribuir com a caminhada pastoral na Diocese de Criciúma, com a vida da Igreja nesta instância. É uma missão que assumo com muita responsabilidade e, no tempo que me for permitido, estarei a serviço desta bonita caminhada, colocando-me a serviço assim como todo batizado", declara Marcos.
 
O novo membro do Secretariado já começou os trabalhos nesta quarta-feira de cinzas, 01, depois de apresentado ao Conselho Diocesano de Pastoral, no dia 23 de fevereiro, em Balneário Arroio do Silva.
 
A Diocese de Criciúma manifesta sua gratidão a Pedro por todos os serviços prestados com dedicação e entusiasmo durante o tempo de serviço e saúda Marcos, desejando-lhe boas-vindas e uma frutuosa trajetória a serviço da Igreja diocesana.