Cúria Diocesana (48) 3433.6313 Catedral São José (48) 3433.1079 imprensa@diocesecriciuma.com.br

Orientações Administrativas

Data de Publicação
04
2020
04
Sábado
21h54
04 de Abril de 2020 21h54

A Diocese de Criciúma, frente aos desafios da Pandemia COVID-19, apresenta as orientações a serem aplicadas, por todas as paróquias, em caso de necessidade pastoral:

As determinações quanto ao funcionamento da Cúria Diocesana, igrejas e secretarias estão em consonância com as determinações do governo Estadual. Todavia, é necessário atenção para:

- A instabilidade causada por orientações conflitantes entre governo federal, estadual e municipal;
- Mudanças que podem acontecer, mesmo repentinas, nas determinações do governo estadual de retomada progressiva das atividades;
- As recomendações da CNBB quanto a importância do isolamento social;
- Decretos que os governos municipais podem emitir estendendo a quarentena nos municípios ou impondo restrições especificas;
- O bom senso e avaliação de cada pároco que, em nome da prudência e de questões particulares de sua paróquia, decide pela espera dos dias necessários para praticar o funcionamento das Igrejas e secretarias.
Determinações quanto ao retorno do funcionamento das Igrejas:
- Seminários, casas de retiro, mantenham-se as portas fechadas e não promovam atividades que configurem aglomeração de pessoas;
- As portas das Igrejas podem estar abertas para as orações pessoais;
- Permitir apenas orações particulares sem qualquer iniciativa que configure aglomeração de pessoas;
- Exortar os fiéis acima de 60 anos ou que sejam caracterizados como pertencentes a grupos de risco que permaneçam no recolhimento de suas casas;
- Promover a higienização constante dos itens que costumam ser tocados pelos fiéis como maçanetas de portas, bancos, sacrários, etc.
- Cuidar dos banheiros com higienização constante, do contrário, mantê-los fechados;
- Oferecer álcool em gel em local visível e identificado.
 
Determinações quanto ao retorno do funcionamento da Cúria Diocesana e Secretarias:
- Permanecer com as portas fechadas ao público, com possibilidade de trabalho interno; colocando em ordem todos os trabalhos relativos a notificações de casamento, lançamento de batizados, casamentos, enfim, todos os trabalhos internos;
- Oferecer orientações aos funcionários para evitar contato físico, compartilhamento de computadores, telefones, mesas de trabalho, além de todas as demais orientações das autoridades sanitárias;
- Manter o ambiente ventilado;
- Redobrar o cuidado da higienização;
- Dispor de álcool em gel e máscaras aos funcionários;
- Dispor de álcool em gel aos fiéis, assim que abrir a secretaria;
- Controle do acesso evitando aglomerações;
- Divulgar contato telefônico pelas redes sociais, caso seja necessário;
 
Funcionários:
- Pode-se aderir a pratica de Banco de Horas com assinatura obrigatória do documento Concordância com a Prática de Banco de Horas, exceto os que:
- Estejam em home office conforme as determinações do documento Mudanças Internas N.1/2020.
- Estejam trabalhando internamente nas secretarias;
- Sejam governantas de casa paroquial e estejam trabalhando.
- Enviar ao Setor RH a cópia do documento sobre Banco de Horas, assinado pelo funcionário.
- Seja avaliado, os que tem mais de 60 anos, que pertençam ao grupo de riscos; os que tem filhos pequenos e sem qualquer possibilidade de alguém que possa cuidar deles com segurança, gripados, resfriados, com tosse ou que estejam com sintomas de COVID-19, independentemente da idade. Que dependam de transporte público e estejam sem qualquer meio alternativo de deslocamento ou que não sejam necessários ao trabalho neste momento.
- Para os funcionários dispensados: conceder férias a partir de 01 de abril;
- É importante lembrar que, se o pároco assim o desejar, pode atribuir férias a todos os funcionários, se assim decidir dispensar, caso contrário, todos devem exercer trabalhos internos;
 
Procedimentos Financeiros para a Cúria Diocesana:
- Avaliar os repasses para as contas bancárias de manutenção mensal dos seminários;
- Avaliar os repasses para os setores de pastoral, aqueles que dentro deste período tinham eventos e que não vieram acontecer;
- Realizar apenas as manutenções e aquisições de materiais e equipamentos que sejam estritamente necessários;
- Avaliar a realização de cada uma das coletas especiais a partir das orientações da Nunciatura Apostólica e CNBB Nacional.
 
Procedimentos Financeiros para as Paróquias:
- Motivar a solidariedade entre as comunidades proporcionando a prática de doações, empréstimos e iniciativas comuns de captação de recursos;
- Limitar despesas. Não assumir, neste momento, nenhuma despesa maior;
- Se o caixa comum não ter dinheiro para pagamento, que seja feito a partilha entre todas as comunidades;
- Transferir para 13 e 14 de setembro a realização da coleta especial para os lugares santos.
- Dia 01 de Abril, Maria, do Setor de Recursos Humanos, Mariselma, do Setor Financeiro e o Ecônomo Diocesano, estarão o dia inteiro a disposição na Cúria Diocesana para eventuais encaminhamentos.
- Segue em anexo a planilha de controle do banco de horas e o termo que deve ser assinado pelos funcionários para a efetivação do banco de horas.
 


Padre Antonio Vander da Silva
Ecônomo Diocesano
 
Dom Jacinto Inacio Flach
Bispo Diocesano