Cúria Diocesana (48) 3433.6313 Catedral São José (48) 3433.1079 imprensa@diocesecriciuma.com.br

Nota de Falecimento - Ir. Maria Luisa Contotti (IBDP)

Data de Publicação
19
2018
10
Sexta-feira
13h52
19 de Outubro de 2018 13h52

A Diocese de Criciúma comunica, com pesar, o falecimento da Irmã Maria Luisa Contotti, da congregação da Irmãs Beneditinas da Divina Providência. Irmã Maria Luisa tinha 67 anos de idade e faleceu às 22 horas desta quinta-feira, 18, em Curitiba (PR), em decorrência de uma pancreatite aguda.
 
Seu corpo será velado no Instituto Sagrada Família, em Nova Veneza, onde haverá missa na tarde de hoje, 19, às 17h30min. A missa de corpo presente será celebrada neste sábado, 20, às 08h30min, também no Instituto. 
 
Irmã Maria Luisa foi Madre Geral da Irmãs Beneditinas. "Uma Irmã Beneditina da Divina Providência simples, pobre, silenciosa, orante, atenta, serena e alegre. Que lá do céu, ela interceda por nós que aqui estamos! Dai-lhe Senhor, o descaso eterno e que a luz perpétua a ilumine, descanse em paz, amém", diz a nota da congregação.
 
A Diocese de Criciúma oferece suas orações e manifesta sua solidariedade com toda a família religiosa beneditina.

Confira a carta escrita pela secretária geral da Irmãs Beneditinas da Divina Providência, Irmã Maria das Dores Paz, por ocasião da páscoa de Irmã Maria Luisa Contotti:

"PAX!
Renovando nossa fé no Cristo Ressuscitado, no qual depositamos nossa certeza e esperança, anunciamos comovidas,com dor mas com gratidão, que dia 18 de outubro de 2018 às 22 hs no Hospital da XV - Curitiba-PR-, o Esposo celeste recebeu em seus braços,
 
Irmã MARIA LUISA CONTOTTI
Província "GIUSTINA E MARIA SCHIAPPAROLI"
E Membro do Governo Geral sexênio 2018-2024
Com a idade de 67 anos e depois de  41 anos de Profissão religiosa.
 
Ir. Maria Luisa (Contotti Lucia Antonietta)
 
 Nasceu em  Novi Ligure - AL - ITALIA, aos 17 de maio de1951.
 
Fez o  ingresso na Congregação em 1974, depois de fazer  um discernimento com as nossas Irmãs de Serravalle Scrivia e depois de tomar, aos pés da gruta de Nossa Senhora de Lourdes, a decisão da resposta ao chamado de Jesus. Foi recebida na Congregação pela Superiora geral Madre Carla Borasi. Sua mestra de noviciado foi Ir. Nazarena Bagna. A Profissão religiosa, presidida por Mons. Luigi Bongianino, Bispo de Tortona,  aconteceu aos 06 de janeiro de 1977 na Capela da Casa Mãe - Voghera - PV.
 
Ir. Maria Luisa era uma pessoa simples, silenciosa, humilde, ponderada, prudente que vivia radicalmente o seu seu voto de pobreza. Tinha o dom da escuta, do respeito e da compaixão. Muito bem podemos compará-la aos grandes Santos, especialmente á nossa amada Venerável Madre Maria Schiapparoli: a santa sombra. Nunca procurou honras, glória, aplausos. Era competente nas suas escolhas, segura, dedicada, disponível, uma Religiosa completa. Foi a primeira Irmã Beneditina a se diplmar em Medicina e Cirurgia.
 
Dedicou-se com gratuidade exercitando a sua profissão de médica nos hospitais de Serravalle Scrivia-AL, Varzi-PV e Castana-PV-; aos velhinhos nas casas de repouso de Dorno e Gerlina e ás crianças na Casa Lar  de Voghera-PV - ITALIA. Desempenhou vários cargos na Congregação.

Dia 21 de agosto de 2000 foi eleita Superiora geral, e depois reeleita aos 25 de agosto de 2006 para um segundo sexênio. Durante o seu mandato empenhou-se - entre outros - na revisão de alguns documentos do Direito Próprio de nossa Congregação.

No primeiro sexênio teve a graça de viver a conclusão do Processo Canônico diocesano das Servas de Deus Maria e Giustina Schiapparoli. Em maio de 2002 fez a trasladação dos restos mortais da Serva de Deus Maria Schiapparoli do Cemitério de Voghera para o jazigo da Casa Mãe, aonde foram depositadas as relíquias. Animou e  incentivou  várias novas aberturas missionárias, entre estas: Malawi, Argentina, Moçambique.

Depois de ter dirigido a Congregação por 12 anos, colocou-se novamente á disposiçao para servir o Governo da Provincia, assumindo o cargo de Superiora provincial até o mês de janeiro deste ano. Com o início do Noviciado interprovincial no Brasil, ofereceu-se para compor a comunidade de formação ajudando a mestra e exercitando tal serviço com humildade, discreção, competência e entusiasmo. No XXV Capítulo Geral foi eleita Vigária e em seguida nomeada Superiora da Casa geral em Roma.
 
Publicamos abaixo o que disse ela mesma para a Revista 'Voz da Provincia'  respondendo à pergunta: o que é para você ser missionária.
 
'Para mim, missão é: superficial e humanamente, um sonho não realizado. O sonho de ajudar povos longínquos, necessitados, primitivos, que me animou a escolha do estudo da medicina. Como também, o sonho e o desejo de exercer a profissão como missão, em favor daqueles que sofrem e que se aproximam do encontro com Deus. Mas Deus tem seus planos, e quase sempre diferentes dos nossos.

Desde cedo me chamou a exercer outra missão, no serviço da autoridade. E deu-me a oportunidade de aprender, como ouvimos no congresso missionário de 2011, em ocasião dos 75 anos da abertura missionário no Brasil, e como também repete o Papa Francisco, que Eu sou uma missão nesta terra, e para isso estou neste mundo, e não simplismente tenho uma missão. Isso é: a missão é um elemento essencial na minha vida em virtude do batismo, da confirmação, da consagração religiosa, e não pode ser reduzida ao serviço ao serviço que me foi confiado na igreja e na comunidade. Portanto, procuro exercer o meu serviço, qualquer que seja, a onde me encontrar, apesar das minhas limitações, como expressão do meu ser missão, com alegria, entusiasmo, dedicação.

Aproveito a oportunidade para agradecer a todas por essa experiência, de ajudar na formação das noviças, que foi para mim um verdadeiro presente, e que me está ajudando muito, mas que, por um novo chamado, está chegando ao fim'. Ir. Maria Luisa (da 'Voz da Provincia' - seconda edizione 2018)

 
No dia 5 de outubro foi levada para pronto socorro do Hospital da XV de Curitiba-PR, onde  foi-lhe diagnosticado uma pancreatite aguda hemorrágica, muito difícil de ser curada.
 
Ir. Maria Luisa deixa um vazio na nossa Família religiosa. Todas somos gratas a Deus por nos ter dado este presente de pessoa autêntica e verdadeira testemunha de Jesus Cristo. A sua repentina partida nos deixou atônitas e sem palavras.
 
Os funerais celebrar-se-ão neste sábado dia 20 de outobro de 2018, às 08h30, na Capela do Instituto 'Sagrada Familia' de Nova Veneza-SC-Brasil. Será sepultada no cemitério municipal de Nova Veneza-SC.
 
Em comunhão fraterna de oração, unidas a Superiora geral que perdem a sua Vigária, as Irmãs da Província GMS, aos familiares na Itália e aos amigos no Brasil e na Itália, entreguemos esta nossa Irmã para Jesus o amado esposo.
 
'O Senhor é o meu Pastor!'
 
Repouse na paz do Senhor".
 
Ir. Maria das Dores Paz
  Secretária geral