Cúria Diocesana (48) 3433.6313 Catedral São José (48) 3433.1079 imprensa@diocesecriciuma.com.br

Martirizada e venerada pela fé: Criciúma celebra a festa de Santa Bárbara

Data de Publicação
01
2017
12
Sexta-feira
11h05
01 de Dezembro de 2017 11h05

Dia 04 de dezembro é muito mais do que um simples feriado. Neste dia, que neste ano cai numa segunda-feira, os católicos de Criciúma veneram, com devoção, aquela que é padroeira do município e que dá nome a uma de suas paróquias cuja festa é uma das mais tradicionais: Santa Bárbara. "Estamos preparando a festa de Santa Bárbara. Mesmo que não tenhamos mais minas abertas em Criciúma, há mineiros que trabalham nas minas, e recordamos todo o aspecto histórico. A história de Criciúma se deve aos trabalhadores e à mineração. Por isso é importante resgatar", frisa o pároco, padre Wilson Buss. 

Santa Bárbara é invocada por todos aqueles que trabalham com explosivos, pelos bombeiros e por todos os militares, que manuseiam armas e instrumentos perigosos. "Na festa, inclusive, o Exército irá participar, o Corpo de Bombeiros e também a Polícia Militar, que farão a proclamação das leituras", acrescenta padre Wilson. 

A festa deste ano tem por tema "Esperança em Cristo Jesus". "Colocamos este tema porque queremos, realmente, que a vida e a fé possam ser marcadas em Cristo Jesus. Santa Bárbara é venerada porque fez a sua opção por Jesus Cristo. Por isso trabalhamos em todas as novenas a esperança em Cristo Jesus como um dado forte da fé. Ela foi martirizada porque descobriu a fé em Jesus e aceitou vivê-la. Seu próprio pai e o grupo que comandava na época se opuseram e a prenderam em uma torre para que não vivesse esta fé e porque o pai havia escolhido com quem ela deveria se casar. Mas ela não aceitou e nem renegar sua fé, por isso o próprio pai a assassinou. Logo depois, veio uma tormenta e o raio fulminou o pai. É por isso que é invocada contras as trovoadas e raios", explica o padre. 

Neste ano, a festa, cuja novena iniciou no dia 24 de novembro, contará com uma procissão com a imagem de Santa Bárbara no domingo, 03, que partirá às 18h30min em frente ao Hospital Santa Catarina e será abrilhantada pela Banda Amor à Pátria, de Jaguaruna. Entre outras celebrações religiosas e atividades recreativas, a festa contará com a presença do bispo diocesano, Dom Jacinto Flach, que presidirá missa na segunda, 04, às 10 horas. 

Confira a programação: 

01/12 (Sexta-Feira)

19h30min: Missa com Bênção das Famílias (Catequese, Grupos de Famílias e Grupo Pastoreio).

02/12 (Sábado)
19h: Missa (Juventude). 
Após a Missa, jantar com música ao vivo.

03/12 (Domingo)
18h30min: Procissão (caminhada) com a imagem de Santa Bárbara, saindo em frente ao Hospital Santa Catarina (Operária Nova), com badalar do sino e acompanhamento da Banda Amor à Pátria (Jaguaruna).
19h30min: Acolhida da imagem de Santa Bárbara e Missa.
Após a Missa, serviços na Praça de Alimentação e apresentações culturais.

04/12 (Segunda-Feira, Dia da Padroeira)
06h: Alvorada festiva.
08h: Missa.
10h: Missa festiva presidida pelo Bispo da Diocese de Criciúma, Dom Jacinto Inacio Flach.
11h30min: Apresentação da Banda do 28º GAC.
12h: Almoço.
15h: Missa da gratidão e anúncio dos novos festeiros.
Após a Missa, serviço de café e sorteio da Ação entre Amigos.