Cúria Diocesana (48) 3433.6313 Catedral São José (48) 3433.1079 imprensa@diocesecriciuma.com.br

Jovem içarense é ordenado presbítero em Mosteiro no RS

Data de Publicação
05
2017
07
Quarta-feira
11h37
05 de Julho de 2017 11h37

No domingo, 02 de julho, solenidade de São Pedro e São Paulo, o Mosteiro da Transfiguração, localizado em Santa Rosa (RS), acolheu a missa com o rito de ordenação presbiteral de dom Samuel Domiciano Ricardo. Filho do casal Sebastião Manoel Ricardo e Silézia Domiciano Ricardo, nasceu em Içara. Seu nome de batismo é Isaac, mas, desde sua admissão, escolheu o nome Samuel, por se identificar com a história do profeta bíblico Samuel. Ele chegou a residir nos seminários diocesanos por alguns anos, até que descobriu e se apaixonou pela vida monástica. Ingressou no mosteiro em janeiro de 2005, onde concluiu seus estudos filosóficos e teológicos, fez especialização em logoterapia em Curitiba (PR), professou os votos solenes. Recebeu o sacramento da Ordem pelas mãos de Dom Liro Vendelino Meurer, bispo da diocese de Santo Ângelo (RS), acompanhado pelos olhares emocionados de seus familiares e amigos. Tudo foi extremamente belo.
 
Dom Cristiano, prior do mosteiro, com sua simpatia espiritual, simplicidade humana amável, acolhedor e cativante. No momento de pedir a ordenação de Dom Samuel, afirmou que ele, como vice prior do mosteiro é seu "braço direito", emocionando a família e a todos os presentes.  
 
Os participantes dessa "festa no céu", com exceção de amigos próximos, a maioria enfrentou longas horas de estrada para estar lá. A família e os amigos de Criciúma, Içara, Sombrio e Vila São João viajaram 13h de ônibus e não desanimaram. Toda a viagem, de ida e volta, e a permanência no mosteiro foram momentos de muita alegria. 
 
A convivência de todos, que lá estavam demonstrava o fraternal amor ao dom Samuel e sua família monástica. Um clima de muita amizade. Os monges residentes, fazendo jus ao pai espiritual, acolhiam a todos com muita solicitude.
 
A cerimônia foi de uma simplicidade e beleza jamais vistas. Ao som de cântico dos salmos, cantados pelos monges, tudo foi acontecendo de forma bela, festiva e litúrgica. Foi impossível não se emocionar. Ao final de tudo ainda tivemos uma momento de perguntas e respostas promovido por Dom Cristiano e Dom Samuel, sobre a vida dos monges e a espiritualidade monástica.
 
Somos muito agradecidos a Deus por esse presente maravilhoso que Ele nos deu. Que o exemplo de Dom Samuel estimule mais jovens a descobrir a beleza da vocação monástica.
 
Escrito por Padre Antonio Mendes, Pároco da Paróquia Santo Antônio de Pádua, Sombrio