Cúria Diocesana (48) 3433.6313 Catedral São José (48) 3433.1079 imprensa@diocesecriciuma.com.br

Capitel com réplica da estampa de Caravaggio é abençoado na Itália

Data de Publicação
24
2018
10
Quarta-feira
12h28
24 de Outubro de 2018 12h28

Uma devoção que atravessa o oceano, une gerações e culturas. No caminho das montanhas de Danta di Cadore, no Norte da Itália, um novo símbolo de veneração pode ser encontrado pelos peregrinos que por ali caminham, desde o último sábado, 20.

A Paróquia dedicada a São Roque e São Sebastião, na Diocese de Belluno, onde o seminarista da Diocese de Criciúma Giliard Cesconeto Gava realiza seu estágio pastoral, inaugurou e abençoou um capitel com um quadro de Nossa Senhora de Caravaggio. A estampa foi um presente da comunidade do Santuário Diocesano Nossa Senhora de Caravaggio, de Nova Veneza, Santa Catarina, por ocasião dos festejos do jubileu de ouro de sua inauguração, no ano de 2017.


A réplica do quadro trazido pelos imigrantes italianos da família Dondossola, no ano de 1892, que se estabeleceram na seção Rio Bortoluzzi, hoje Distrito de Caravaggio, foi entregue ao Padre Fabio Fiori, pároco da Paróquia italiana, que visitou o Santuário brasileiro acompanhado pelo Coral Santa Cecília, de Sappada.

"A Comissão Organizadora do Cinquentenário do Santuário de Caravaggio, em uma missa presidida por nosso Bispo, Dom Jacinto Inacio Flach, entregou esse quadro ao padre Fabio que, ao invés de simplesmente colocá-lo na casa paroquial, fez um oratório para que, tanto nos períodos de verão e como de inverno, as pessoas que caminham pelas montanhas o encontrem. O mesmo quadro que gerou a devoção no Sul do Brasil agora volta a Itália. Um gesto bonito de intercâmbio cultural e que mostra que a nossa fé, sejamos italianos ou brasileiros, se fundamenta no mesmo amor a Maria e a Jesus Cristo!", ressalta o seminarista Giliard.

A celebração contou com a presença da comunidade local, do Coral Santa Cecília e de uma comitiva de cinco neovenezianos, e foi concelebrada pelo padre Giovani Cossu, da Diocese de Nuoro, Sardegna. O quadro recorda a aparição de Nossa Senhora à camponesa Gianetta, no ano de 1432, em Caravaggio, na Lombardia.