Cúria Diocesana (48) 3433.6313 Catedral São José (48) 3433.1079 imprensa@diocesecriciuma.com.br

Apostolado da Mãe Peregrina lota Santuário na missa com Dom Rodolfo Weber

Data de Publicação
18
2017
04
Terça-feira
23h59
18 de Abril de 2017 23h59

Um verdadeiro mar de capelinhas, como são popularmente chamadas as imagens da Mãe Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt - a Mãe Peregrina - tomou conta do Santuário Sagrado Coração de Jesus na noite desta terça-feira, 18, terceiro dia da novena em preparação à inauguração do templo diocesano. Cerca de 1,7 mil pessoas, entre elas, coordenadoras e missionárias do Apostolado da Mãe Peregrina de todas as paróquias da Diocese de Criciúma, ocuparam bancos e corredores da igreja que integra o complexo religioso que será inaugurado no domingo, 23 de abril.
 
Com o tema "Lançarei as bênçãos abundantes sobre os seus trabalhos e empreendimentos", a missa foi presidida pelo Arcebispo da Arquidiocese de Passo Fundo (RS), Dom Rodolfo Luís Weber. Amigo de longa data do Bispo da Diocese de Criciúma, Dom Jacinto Inacio Flach, Dom Rodolfo prontamente aceitou o convite para presidir uma das celebrações que antecedem o grande dia em gratidão pelo projeto Igrejas Irmãs, através do qual a Diocese de Criciúma adotou a Prelazia de Cristalândia (TO), da qual foi bispo, enviando como missionário o padre Antonio Mendes, também presente nesta missa. Outros cinco padres concelebraram a missa, que teve início às 19h30min, com a participação de mais três comunidades da Paróquia São Donato: Primeiro de Maio, Cristo Rei e Raichaski.

"Obrigado pelo convite. Obrigado por poder participar com vocês deste momento importante da vida da Diocese de Criciúma. Quero rezar por vocês, nesta noite, para que essa bênção para todo o povo de Deus, em particular esta Diocese, produza os frutos desejados", disse Dom Rodolfo, em sua saudação.
 
Em sua homilia, o Arcebispo de Passo Fundo relacionou o Santuário a um grande tema discutido pela Igreja nos últimos tempos. "Estamos celebrando, nesses dias, esta novena, preparando-nos para a bênção solene deste Santuário dedicado à misericórdia, ao Coração de Jesus, tema que a Igreja está refletindo nestes três últimos anos, especialmente a partir da bula que o Papa nos escreveu, o Rosto da Misericórdia e esse rosto é o rosto de Cristo", iniciou.
 
Dom Rodolfo confessou ter enfrentado dúvidas ao pensar em como a Igreja apresentaria este tema e a reação das pessoas diante do assunto. "Devo confessar que, progressivamente, fui me convencendo da importância do tema. À medida que o tempo passava e se refletia, mais forte ficava e mais me convenci da necessidade de trabalharmos, com muito mais intensidade, a misericórdia do Senhor", disse.
 
O epíscopo falou ainda da preocupação do Papa Francisco ao dar continuidade à temática com a carta Misericórdia e Mísera e as recomendações feitas às comunidades para sua prática pastoral. "Misericórdia não é uma palavra abstrata, não é teoria; misericórdia é coisa concreta são fatos, são atos", parafraseou.
 
Próximo de celebrar o Dia do Trabalhador, Dom Rodolfo também falou sobre a misericórdia no trabalho, relacionando-a a promessa tema deste dia da novena. "Se recebemos um trabalho, a medida que nós o exercemos, estamos abençoando o mundo do jeito que nós o realizamos", destacou.
 
Dom Rodolfo conduziu sua reflexão sobre o exercício da misericórdia no trabalho, onde se olhe para as pessoas como seres humanos que têm coração e limitações. Segundo o epíscopo, é importante estabelecer um ambiente fraterno onde prevaleça a reconciliação e a boa convivência, de forma a "criar um ambiente de trabalho abençoado". É compromisso dos que gerenciam também, na bênção dos ambientes de trabalho, destinar uma parcela aos pobres e necessitados, uma vez que uma das obras de misericórdia é dar de comer a quem tem fome.

Bispo contente com missionários da Mãe Peregrina
Ao final da missa, antes da bênção com a Relíquia da Santa Cruz, exposta para veneração até domingo, quando é devolvida à Paróquia Nossa Senhora da Conceição, de Urussanga, o Bispo de Criciúma, Dom Jacinto, manifestou sua satisfação ao presenciar a participação de tantos membros do Apostolado da Mãe Peregrina, que fizeram sua Aliança de Amor. Dom Jacinto agradeceu e pediu a bênção de Deus e reforçou o convite, especialmente para as celebrações do domingo. O epíscopo também reafirmou o afinco pela obra do Santuário, como lugar de encontro para o amor e a misericórdia para os fiéis, suas famílias e comunidades.
 
Site do santuário é lançado
O futuro Reitor, padre Antônio Vander da Silva, noticiou o lançamento do novo site do Santuário (www.santuariodoscj.com.br), onde os internautas poderão encontrar notícias, vídeos, fotos de celebrações, palavra do reitor, além de toda a programação para esta semana de abertura e horários de missas e atendimentos após a inauguração. Além do site, a Equipe da Pastoral da Comunicação mantém atualizadas as contas do Instagram (www.instagram.com/santuariodoscj) e Facebook (www.facebook.com/santuariodoscj).
 
Comunidades anunciam inauguração com badalar de sinos e fogos
Mais uma informação compartilhada durante a celebração pelo futuro Reitor, foi a de que as 19 comunidades da Paróquia São Donato, em Içara, durante todos os dias desta semana farão repique dos sinos às 07 horas e às 15 horas, sendo que no primeiro horário o chamamento para a grande inauguração e bênção conta também com som de fogos de artifício.
 
Quarto do dia da novena com presença de Dom Onécimo
Nesta quarta-feira, a missa da novena será presidida pelo Bispo de Rio do Sul, Dom Onécimo Alberton, filho da Diocese de Criciúma. A celebração terá início às 19h30min, com a participação das equipes da Pastoral Vocacional da Diocese de Criciúma e seminaristas. Tema da missa: "Os pecadores encontrarão em meu coração a fonte inesgotável de misericórdia".