Cúria Diocesana (48) 3433.6313 Catedral São José (48) 3433.1079 imprensa@diocesecriciuma.com.br

A Pastoral do Dízimo e o constante desafio de se renovar

Data de Publicação
17
2017
07
Segunda-feira
12h31
17 de Julho de 2017 12h31

A Coordenação Diocesana da Pastoral do Dízimo promoveu reuniões formativas nos dias 06 e 13 de julho, para todos os coordenadores paroquiais em dois núcleos, em Cocal do Sul e Turvo. O assessor diocesano, padre Alírio Leandro, conduziu os encontros e afirmou que, nos últimos anos, a Igreja tem dado maior ênfase à Pastoral do Dízimo.
 
"O trabalho de conscientização em torno do dízimo nunca estará concluído, pois a realidade social, econômica e cultural mudam constantemente e, com ela, surge a necessidade de renovações e adaptações. A Pastoral do Dízimo necessita estar se inovando, organizando-se com novas dinâmicas, novo visual, mais elementos envolvidos, liturgias bem organizadas e preparadas com criatividade, sem perda de vista das normas litúrgicas. As paróquias devem investir no estudo e na formação de lideranças e missionários do dízimo, conscientes e comprometidos, preparando-os para fazerem o melhor. O resultado aparece principalmente com o dízimo do SER, que é a presença de mais pessoas na vida da Igreja. Consequentemente, conseguiremos trabalhar a conscientização do dízimo do TER", ressalta padre Alírio.
 
"A partir do que estudamos no Documento 106 - 'O Dízimo na Comunidade de Fé', podemos partilhar a metodologia de como trabalharmos o dízimo nas paróquias de nossa Diocese. Reforçando o que o Documento nos diz: Em primeiro lugar a pastoral do dízimo tem a grande missão de evangelizar. Toda a orientação dos bispos é no sentido de um intenso trabalho de conscientização", acrescenta a secretária da Pastoral do Dízimo, Rose Mery Dajori.
 
Nas reuniões, foram apresentados alguns passos de como organizar a Pastoral do Dízimo na comunidade, com o intuito de aprimorar os trabalhos já existentes nas paróquias. A metodologia tem início na evangelização de toda comunidade, começando pelos missionários do dízimo e lideranças. "A Pastoral do Dízimo terá bons resultados à medida em que formos fiéis à metodologia. O próximo passo é formar o povo e orientá-lo nas celebrações. O trabalho segue com a evangelização das famílias como missão dos leigos missionários do dízimo", afirma o padre.
 
A segunda metodologia apresentada foi a organização de Pastoral. Após as etapas de evangelização, segue a reflexão sobre a Metodologia de Trabalho e a Metodologia de Animação da Pastoral na Paróquia. O conteúdo apresentado à coordenação foi enriquecido com sugestões e exemplos práticos. Para finalizar, Padre Alírio expressou a importância de valoriza as famílias e os lares, como Igreja doméstica e lugar de evangelização. "Eu incentivo muito a todos para motivarem os missionários do dízimo de sua paróquia, para visitarem as famílias e rezarem com elas, conscientiza-las e convida-las para participarem da celebração na comunidade", concluiu o padre.  
 
O Frei Charlie Leitão de Souza, da Ordem dos Servos de Maria, da Paróquia Nossa Senhora da Oração, de Turvo, agradeceu a presença de todos e conduziu a oração final com as palavras: "Senhor Deus, nesta reunião, compreendemos que pertencer à Pastoral do Dízimo, como equipe missionária, significa estarmos atentos aos dons que de Vós recebemos, e colocar esses dons a serviço da comunidade, serviço alegre e gratuito aos irmãos e irmãs. Nós Vos agradecemos, e pedimos Vossa benção para realiza-lá com amor".
 
Colaboração: Rose Mery Dajori - Secretaria Diocesana da Pastoral do Dízimo